[RESENHA] UM ACORDO E NADA MAIS (CLUBE DOS SOBREVIVENTES #2) - MARY BALOGH

sexta-feira, 9 de novembro de 2018



Título original: The arrangement
Tradução: Livia Almeida
Formato: 16 x 23 cm
Número de Páginas: 304
Peso: 0.40 kg
Acabamento: brochura
ISBN: 9788580418798
EAN: 9788580418798


Sinopse: Embora Vincent, o visconde Darleigh, tenha ficado cego no campo de batalha, está farto da interferência da mãe e das irmãs em sua vida. Por isso, quando elas o pressionam a se casar e, sem consultá-lo, lhe arranjam uma candidata a noiva, ele se sente vítima de uma emboscada e foge para o campo com a ajuda de seu criado.
No entanto, logo se vê vítima de outra armadilha conjugal. Por sorte, é salvo por uma jovem desconhecida. Quando a Srta. Sophia Fry intervém em nome dele e é expulsa de casa pelos tios sem um tostão para viver, Vincent é obrigado a agir. Ele pode estar cego, mas consegue ver uma solução para os dois problemas: casamento.

Aos poucos, a amizade e o companheirismo dos dois dão lugar a uma doce sedução, e o que era apenas um acordo frio se transforma em um fogo capaz de consumi-los.

No segundo volume da série Clube dos Sobreviventes, você vai descobrir se um casamento nascido do desespero pode levar duas pessoas a encontrarem o amor de sua vida.

"Essa história emocionante e envolvente transborda de um senso de humor sutil, diálogos brilhantes e uma sensualidade de tirar o fôlego." – Library Journal

"Esse livro revisita o tema do casamento de conveniência, unindo dois personagens heroicos e conflituosos que se entregam ao poder redentor do amor." – Kirkus Reviews


Resenha...


Segundo livro da série Clube dos Sobreviventes da autora Mary Balogh publicado pela Editora Arqueiro talvez seja um dos mais adoráveis dos livros que já li da autora. Com uma narrativa despretensiosa e delicada que envolve o leitor do início ao fim.
A série traz a cada livro um dos integrantes do Clube dos Sobreviventes, um seleto grupo de soldados ou apenas vítimas da Batalha de Waterloo e que através da companhia um dos outro irão curando as cicatrizes e talvez iniciando uma nova vida. E foi o caso de um dos protagonistas do livro Um Acordo e Nada Mais...

Vincent Hunt, um jovem de 24 anos que teve sua vida marcada após sofrer um grave acidente durante a batalha que o deixou totalmente cego. E com ajuda dos integrantes do Clube conseguiu superar e aceitar sua nova condição. Recentemente herdou um título e se tornou visconde de Darleigh, e com isso novas responsabilidades, uma propriedade enorme para administrar, junta a isso a obrigação de gerar herdeiros...

Além de a família sufoca-lo de atenção exagerada devida sua cegueira, ao mesmo tempo sua mãe e as irmãs estavam determinadas a apresentar uma pretendente ideal. Depois de uma quase emboscada na sua própria casa, ele parte, ou melhor, ele foge juntamente com seu assistente e seu melhor amigo Martin Fisk para longe de Middlebury Park. Mesmo morando três anos na propriedade, ele não se sente em casa, então decide relaxar e encontrar sua paz, no lugar que nasceu e que sempre considerou um lar, Barton Coombs...

Srta. Sophia Fry se mudou recentemente para casa da tia em Barton Coombs. Uma menina meiga, inteligente e criativa, adorava fazer caricaturas engraçadas de pessoas e inventar histórias, porém não compartilhava com ninguém, ou melhor, não tinha com quem compartilhar... Conhecida como Ratinha, pois a família da tia não lhe dava atenção, e andava praticamente como indigente na casa. Sophia perdeu os pais, depois foi para casa de outra tia, também irmã do pai, e foi passando de lar em lar, sendo desprezada por todos. Mas talvez pudesse estar mudando...

A tal desejada paz por Vincent irá durar pouco... quando descobrem que chegou a cidade, a família mais influente os March, já tinha planos para ele, conseguir uni-lo a sua filha, Henrietta, prima de Sophia. Mas não esperavam que a Ratinha fosse estragar os planos. 

Depois de salvar o visconde de um momento inoportuno, e em seguida sendo expulsa de casa pela própria família. Sophia não tem para onde ir, e ninguém no mundo para pedir ajuda, o único parente vivo não mora na Inglaterra, apenas um tio, também irmão do pai, mas sendo diplomata dificilmente permanece na Inglaterra por muito tempo.

Vincent e Sophia tiveram um momento juntos antes do incidente, e ele ficou encantado pela voz dela, e apesar de uma rápida conversa ficou instigado pela cumplicidade que tiveram um com outro neste breve momento. Quando descobre o ocorrido com Sophia, tem uma grande ideia que poderia ajudar ambos.

Inicialmente Sophia não aceitou muito bem a proposta de casamento de Vincent, logo ela, que se sentia feia e desajeitada casar com um nobre que apesar de cego, era um homem atraente.  Mas ela não tinha para onde ir, e talvez casar com Vincent fosse além de uma grande aventura, algo que seria benéfico para os dois, não somente momentâneo, mas um futuro promissor...

O livro na realidade trata não apenas de um relacionamento romântico, o que óbvio os personagens desenvolvem um por outro. Mas do que podemos mudar na vida dos outros em pequenas coisas.

Apesar de Vincent proporcionar uma vida confortável e tranquila para Sophia financeiramente, mas ele fez muito mais, deu a ela sua autoestima algo que anos de exclusão imposta pelas pessoas, deixou Sophia invisível até para ela mesma. 

E por incrível que pareça, Sophia aparentemente não tinha como retribuir Vincent por tê-la salvo de uma vida tenebrosa. Mas na verdade, pode se dizer que ela deu muito mais, através da sua criatividade e sensibilidade deu a Vincent a independência que muitas vezes o impedia de se sentir livre. 

Como mencionei no inicio da resenha, é um livro que vai além de um simples romance de época com um casal se apaixona no decorrer da narrativa. É um casal que aprende através de uma cumplicidade adquirida por respeito mútuo, se ajudaram a superar suas dificuldades, traumas e marcas deixadas pelos infortúnios que ocorreram em suas vidas.

A autora Mary Balogh em Um Acordo e Nada Mais, nos mostra personagens sensíveis, que equilibra entre momentos emotivos e divertidos, ao mesmo tempo um romance suave e sensual que com certeza fará o leitor se apaixonar pela leitura.

0 comentários

Postar um comentário

Deixe seu Comentário!