[CINEMA] A MÚSICA DA MINHA VIDA

quinta-feira, 19 de setembro de 2019


Data de lançamento: 19 de setembro de 2019 (1h 57min)
Direção: Gurinder Chadha
Elenco: Hayley Atwell, Nell Williams, David Hayman
Gêneros: Biografia, Drama, Comédia
Nacionalidade: Reino Unido
Sinopse: A Música da Minha Vida conta a história de Javed (Viveik Kalra), um adolescente britânico filho de paquistaneses, crescendo na cidade de Luton, Inglaterra, em 1987. Em meio às turbulências econômicas e raciais da época, ele escreve poesia como uma forma de escapar da intolerância de sua cidade natal e da inflexibilidade de seu pai tradicional. Porém, quando um de seus colegas lhe apresenta a música do “Chefe”, Javed vê paralelos entre sua vida simples e as letras marcantes de Springsteen. À medida que Javed descobre um escape catártico para seus próprios sonhos reprimidos, ele também começa a encontrar coragem para se expressar com sua própria voz.
Baseado no aclamado livro de memórias de Sarfraz Manzoor Greetings from Bury Park, A Música da Minha Vida é uma história contagiante sobre coragem, amor, esperança, família e a capacidade única que a música tem de elevar o espírito humano.


A crítica de hoje é colaboração da nossa colunista Rafaela Duarte.

Nesse filme baseado em fatos reais da vida de Javed, pois não se trata de uma biografia de Bruce Springsteen, traz um bom elenco: Viveik Kalra (Javed), Nell Williams (Eliza), Aaron Phagura (Roops), Kulvinder Ghir (Malik pai de Javed),Meera Ganatra (Noor), Dean-Charles Chapman(Matt), Rob Brydon (pai de Matt),Nikita Mehta (Shazia), Tara Divina (Yasmeen), Hayley Atwell( professora Clay) e David Hayman (sr Evans vizinho de Javed), além de uma bonita abertura do filme, fotografia, figurinos e uma boa música.

Tudo começa na pacata cidade de Luton em setembro de 1980, quando Javed e Matt ainda pequenos andam de bicicleta e são melhores amigos. Após 7 anos em 1987 os amigos já grandes, vivem numa Luton onde o desemprego é grande e a perspectiva de arranjar um emprego é nula.
Javed vem de uma família paquistanesa onde seu pai procura manter os costumes de sua cultura, onde muitos londrinos ainda não aceitam paquistaneses lá, Javed se vê oprimido por morar em um lugar sem vida, humilhado por outros ingleses, onde tem que seguir as ordens de seu pai e não poder sequer ir na casa de Matt quando ele faz festas que fica no mesmo local onde residem, pois o pai acha inadequado os costumes. Matt é seu grande amigo e o incentiva a escrever boas letras para que possa gravar com sua banda, porem Javed só escreve poemas melancólicos, dramas familiares e a vontade de ir embora da cidade.


Ao entrar para a faculdade almeja poder sair de Luton e ter uma vida melhor, porem se inscreve para ser escritor mas omitiu para seu pai alegando que cursa economia, professora Clay sua grande incentivadora, vê em Javed um grande escritor que ainda não conseguiu por para fora tudo que sente e por isso sempre cobrava muito mais empenho nas redações.

Sr Malik perde o emprego devido a grande crise na cidade e a perspectiva de conseguir outro estimado pelo noticiario é de 09 anos, fazendo com que as contas fiquem pesadas para ele,e com isso faz com que a mãe de Javed e suas filhas Yasmeen e Shazia tenham que ajuda-lo fazendo elas dobrar o trabalho nas costuras em casa, enquanto Javed procura emprego mas só conseguiu um “bico” na loja do pai de Matt. Na faculdade no primeiro dia de aula caiu nas graças da professora Clay e ele se encantou pela colega Eliza que logo começaram uma linda história.

Encantado com a faculdade, sem querer ao esbarrar em Roops acabam se tornando amigos e por intermédio dele Javed começou a ouvir as músicas de Bruce Springsteen e foi ai que ele começou a por para fora tudo que estava reprimido, viu nas canções de Bruce uma esperança, incentivo para mudar as coisas e que ele próprio pudesse fazer as suas escolhas.

Mas nem toda a mudança traz coisas boas, seu pai “parou no tempo” e isso fez com que Javed começa-se a se revoltar e ter algumas discussões com o seu pai, mas na faculdade sempre teve grande apoio da professora Clay para escrever os poemas e por tudo o que sentia e foi assim com a ajuda dela , dos amigos Roops e Matt e também de Eliza que Javed começou a escrever a sua própria história, pois o mesmo só queria realizar o sonho de ser o que desejava e inspirado nas músicas de Bruce, encontrou forças para poder lutar por cada obstáculo e derrubar cada barreira com o seu pai, pois o mesmo não aceitava que o filho fosse escritor, mesmo o vizinho sr Evans indo na casa deles para parabenizar Javed por um artigo no jornal, sr Malik se revoltou ainda mais com o filho e causou uma grande discussão desnecessária.

História simples mas que encanta do inicio ao fim e não sente passar as horas, filme dramático mas que emociona e mostra que todos nós temos que lutar pelos nossos sonhos mesmo quando tudo parecer desabar.Trilha sonora com músicas que encantam todos os momentos do filme, mas não o torna um filme musical. Javed mostrou o quanto a música de Bruce o transformou mas sem perder o amor pela família e amigos, pois ele “pode ate sair de Luton, mas Luton jamais saira dele”, é viver sem perder suas raízes mas buscando sempre o melhor.  

Filme ao final mostra fotos do verdadeiro Javed com sua a família e mais algumas coisas a respeito dele e do “boss”!!

0 comentários

Postar um comentário

Deixe seu Comentário!