[RESENHA] O Labirinto do Fauno - Guilhermo Del Toro e Cornelia Funke - @intrinseca

sexta-feira, 20 de setembro de 2019

O Labirinto do Fauno
Autor: Guilhermo Del Toro & Cornelia Funke
Editora: Intríseca
I.S.B.N.: 8551005197
Páginas: 320

Um dos filmes mais aclamados dos últimos tempos, O Labirinto do Fauno transborda das telas do cinema em obra que expande o universo de fantasia e horror da obra-prima de Del Toro.
Quando estreou nos cinemas, O Labirinto do Fauno encantou público e crítica com sua história que mesclava sonho e realidade, trazendo para o universo da fantasia o cruel cotidiano da Espanha fascista de Franco. Mais de dez anos depois, a produção permanece conquistando fãs e mostrando que boas histórias são atemporais.
Nesta edição mais do que especial, o escritor, diretor e roteirista mexicano Guillermo del Toro — a mente por trás do filme e um dos artistas mais inventivos dos últimos tempos — se une a Cornelia Funke, premiada escritora de contos de fadas modernos e autora da trilogia Mundo de Tinta, para narrar a jornada de uma menina pelo Reino dos Homens e pelo Reino Subterrâneo.
No ano de 1944, Ofélia e a mãe cruzam uma estrada de terra que corta uma floresta longínqua ao norte da Espanha, um lugar que guarda histórias já esquecidas pelos homens. O novo lar é um moinho de vento tomado pela escuridão e pela crueldade do capitão Vidal e seus soldados, dispostos a tudo para exterminar os rebeldes que se escondem na mata.
Mas o que eles não sabem é que a floresta que tanto odeiam também abriga criaturas mágicas e poderosas, habitantes de um reino subterrâneo repleto de encantos e horrores, súditos em busca de sua princesa há muito perdida. Uma princesa que, segundo os sussurros das árvores, finalmente retornou ao lar.
No livro, a narrativa de Ofélia é intercalada com ilustrações e contos de fadas inéditos, baseados em elementos-chave de O Labirinto do Fauno. A obra é uma impactante ode ao poder das histórias, seja em imagens ou palavras, e a sua capacidade de transformar a realidade a nossa volta.



A Resenha de hoje e contribuição do nosso colaborador Marcelo Rodrigues.


Olha eu aqui novamente, meus amores, e hoje a gente vai falar sobre uma história que encantou as plateias do mundo todo em 2006 e que agora chega para encantar velhos e novos leitores.

Vocês acreditam em magia? Vocês acreditam em Contos de Fadas? Sim? Pois a pequena Ofélia, também acredita e se não fosse assim, ela jamais saberia sua verdadeira identidade: Moana, de Motu Nui (Opa, Moana errada), agora sim, Moanna, princesa do Mundo Subterrâneo. E jamais teria forças para enfrentar uma terra opressora e perigosa: A Terra dos Adultos.
O Labirinto do Fauno é uma adaptação literária do filme homônimo que foi produzido, escrito e dirigido por Guillermo del Toro (A Forma da Água) e acabou conquistando três Oscars. Eis que em Julho desse ano, a obra foi lançada em formato de livro pela Intrínseca.

Ofélia é a reencarnação da princesa Moanna, mas para retornar ao seu reino de origem ela precisa provar que ainda é digna, portanto tem que realizar três provas. A primeira é salvar uma árvore ancestral de um sapo guloso; a segunda, conseguir a faca em posse do Homem Pálido, e a terceira é derramar sangue inocente para abrir o portal. Mas ela precisa correr contra o tempo porque só tem até a lua cheia para cumprir essas tarefas. Enquanto isso, ela enfrenta as dificuldades de viver em uma Espanha fascista, personificada pelo capitão Ernesto Vidal (que simboliza também a austeridade, a falta de sabor e magia na vida adulta).

Você já sente a magia desde o momento em que temos o contato com o livro. A ilustração, as cores e o formato que o título está escrito já nos transporta para dentro desse universo de magia, já vivido no filme.

Mas se você acha que já conhece toda a história, saiba que existem dez contos que acabam expandindo ainda mais o universo do filme. Essa novas historias são apresentadas no inicio de cada divisão e sempre vem acompanhadas de uma belíssima ilustração. Quem já assistiu o filme, vai perceber que esses contos aparecem no filme no formato de O Livro da Encruzilhada. 
O Labirinto do Fauno é sem sombra de dúvidas uma história arrebatadora e traz a magia e o conto de fadas de uma maneira totalmente imaginável. Agora nas páginas dessa edição da Intrínseca, prepare-se para ser transportado novamente para esse mundo.

0 comentários

Postar um comentário

Deixe seu Comentário!