[RESENHA] UMA HERDEIRA APAIXONADA (OS RAVENELS #5) - LISA KLEYPAS

domingo, 9 de fevereiro de 2020


TÍTULO ORIGINAL: DEVIL'S DAUGHTER

TRADUÇÃO: ANA RODRIGUES

FORMATO: 16 X 23 CM

NÚMERO DE PÁGINAS: 272
PESO: 0.37 KG
ACABAMENTO: BROCHURA
ISBN: 9788530600396
EAN: 9788530600396


LEIA UM TRECHO: https://bit.ly/2tjehp5

SINOPSE: QUINTO LIVRO DA SÉRIE OS RAVENELS.

Lisa Kleypas já escreveu mais de 40 romances, que são best-sellers no mundo todo e foram traduzidos para 28 idiomas.  
                                        
“Um romance elegante, espirituoso e sensual. De fazer suspirar, com personagens inesquecíveis, ritmo impecável e uma trama repleta de desejo e perigo.” — Booklist       
                                 
“Kleypas tem um estilo inebriante, tão exuberante e romântico quanto o cenário de suas histórias.” — Entertainment Weekly
                  
Viúva ainda jovem, Phoebe já viveu um grande amor e não cultiva mais ilusões românticas. Agora, ela precisa ser prática – e cuidar dos dois filhos pequenos e da propriedade da família. Mas quando vai passar alguns dias no Priorado Eversby, a bela dama se surpreende ao conhecer um cavalheiro incrivelmente charmoso.

Seu encanto se desfaz no momento em que ele se apresenta como ninguém menos que West Ravenel: o homem que tornou a vida de seu falecido marido um tormento. E ela jurou nunca perdoá-lo por isso.
   
West sabe que é um homem com um passado manchado e que não está à altura de uma mulher como Phoebe, mas, ao conhecê-la, é consumido por um desejo irresistível e um sentimento inteiramente novo. Sem terras nem fortuna, tudo que ele pode lhe oferecer é prazer.

O que West não imagina é que, apesar da aparente ingenuidade, Phoebe está decidida a tomar as rédeas da própria vida. Será que essa paixão esmagadora será suficiente para superar os obstáculos do passado?


E já estamos no quinto livro da série Ravenels, e talvez um dos mais esperados pelas fãs da série, já que o protagonista é o ex-beberrão e libertino irmão de Devon, Weston Ravenel.

Todas as séries da Lisa Kleypas têm um personagem que se transforma no decorrer da série, em Hathaways, quem não lembra de Leo Hathway??? E em As Quatro Estações do Amor, temos o transformado, Sebastian St.Vincent que coincidentemente é o pai da protagonista de Uma Herdeira Apaixonada, a Phoebe, e retornando mais um pouquinho, ela apareceu ainda bem criancinha no primeiro livro da série Hathways, Desejo à Meia-Noite. Então para quem já leu todas as séries publicadas no Brasil pela Editora Arqueiro da autora tem várias expectativas e reencontros no decorrer da leitura deste livro.

West Ravenel não queria nada na vida, juntamente com o irmão Devon, ainda crianças perderam os pais, passaram por diversos lares de parentes, sem nunca ter uma real família, apenas um ao outro. E quando Devon ganha uma propriedade em decadência, como vimos no primeiro livro da série, West é o primeiro a incentivar o irmão na época para vender a propriedade juntamente com tudo junto, inclusive as primas. Mas a história mudou...

West parou de beber e trocou a vida de devassidão pela administração da propriedade rural do irmão, praticamente tudo passa pelas mãos de West, além disso se transformou num excelente guardião para as primas, mas sua personalidade sarcástica, perspicaz, divertida e envolvente não mudou em nada, apenas se recrimina com alguns fatos do passado o deixando o deixando com síndrome de inferioridade em relação ao seu futuro. E devido a isso cria dificuldade em qualquer relação amorosa, principalmente se for herdeiras virtuosas...

Phoebe, uma jovem viúva e recentemente saiu do luto não tem intenções de casar-se tão cedo, apenas cuidar dos dois filhos e da propriedade herdada do marido. Porém essa resolução poderá sofrer um abalo com alguém improvável.
O casamento do irmão de Phoebe, Gabriel com Pandora Ravenel (casal do terceiro livro da série, clique aqui para ver a resenha) acontecerá na propriedade dos Ravenels, porém algo a incomoda... ter que encontrar com West Ravenel. Uma implicância antiga, já que durante o colégio, em Eton, West vivia importunando Henry, o falecido marido de Phoebe, mas para ela não estava esquecido, pois desde a infância Henry era uma criança muito doente e Phoebe desde sempre sentiu muito protetora a ele.

Porém a imagem que ela tinha de West era completamente diferente do homem charmoso, espirituoso, engraçado que estava a sua frente sendo tão gentil com ela e com seus filhos. Com a morte do pai, os filhos ficaram carentes de uma referência masculina, e neste momento ele estava preenchendo um pouco desse vácuo e para total consternação de Phoebe, um pouco do seu coração acabando com sua resistência totalmente.

E como cupido e grande incentivador do casal, estava o pai de Phoebe, St. Vincent, que nunca aceitou muito bem o casamento da filha com o doente Henry, achava que a filha merceia mais, e principalmente agora que o parente e atual administrador da propriedade de Phoebe, um primo próximo de Henry, tem intenções de cortejá-la, mas Sebastian quer um homem mais forte de personalidade para sua obstinada e corajosa filha.

Porém West não se acha a altura dela devido o seu passado, já que poderá colocar tanto Phoebe quanto os filhos em situações vexatórias quando a sociedade inglesa começar a espalhar fatos irresponsáveis do seu passado.

Enquanto Phoebe tenta lutar pelo amor de West, a propriedade dela está passando por dificuldades devido a má administração entre outras coisas do primo de Henry, e talvez somente West poderá salvá-la de uma futura ruína.
Eles terão um tempo sozinhos para acertarem sua relação, será que West irá resistir passar um tempo com Phoebe e com os filhos que ele aprendeu a amar, e depois deixá-la para seguir a sua vida???

Mas não posso deixar de citar as pequenas participações de St. Vincent e Evie, além de matarmos a saudade desse casal inesquecível, todos os momentos que eles, ou melhor, Sebastian aparece rende boas gargalhadas, a autora consegue mesmo depois de algum tempo conseguir demonstrar a essência dos personagens que conhecemos em Pecados no Inverno.

Entre indecisões e convicções, temos um casal com uma química incrível!!! Diálogos inteligentes, espirituosos e sensuais. E tanto a relação dele com Phoebe quanto com os filhos dela rende momentos cativantes.


Uma Herdeira Apaixonada superou minhas expectativas, e também deixou ainda mais curiosa para o sexto livro da série, com o casal Cassandra Ravenel e Tom Severin. Ansiosas também???

0 comentários

Postar um comentário

Deixe seu Comentário!