[Crítica] Batman

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2022

 


Com produção da Warner Bros. Pictures, Batman, de Matt Reeves, é estrelado por Robert Pattinson no papel duplo do detetive vigilante de Gotham City e de seu alter ego, o recluso bilionário Bruce Wayne.

Nos dois anos em que protegeu as ruas como Batman (Robert Pattinson), provocando medo no coração dos criminosos, Bruce Wayne mergulhou nas sombras de Gotham City. Com apenas alguns aliados confiáveis – Alfred Pennyworth (Andy Serkis), o comissário James Gordon (Jeffrey Wright) – em toda a rede de corrupção de personalidades de destaque e funcionários da cidade, o vigilante solitário tornou-se a única esperança de vingança entre seus concidadãos.

Quando um assassino mira a elite de Gotham com uma série de maquinações sádicas, um rastro de pistas enigmáticas leva Batman, o Maior Detetive do Mundo, a investigar o submundo da cidade, onde encontra personagens como Selina Kyle, a Mulher-Gato (Zoë Kravitz), Oswald Cobblepot, também conhecido como Pinguim (Colin Farrell), Carmine Falcone (John Turturro) e Edward Nashton, também conhecido como Charada (Paul Dano). À medida que surgem evidências e as ações do criminoso apontam para uma direção mais clara, Batman precisa forjar novas relações, desmascarar o culpado e trazer justiça a Gotham City, há tanto tempo atormentada pelo abuso de poder e pela corrupção.


Elenco: Robert Pattinson, Zoë Kravitz, Paul Dano, Jeffrey Wright, John Turturro, Peter Sarsgaard, Andy Serkis, Colin Farrell.


Duração: 175 minutos



Duas horas e 50 minutos de filme e você não vê o tempo passar!!
Só tenho a agradecer ao pessoal da EspaçoZ Marketing, Warner e Cinemark por nos proporcionar assistir a este mega filme antecipadamente!

Com uma pegada muito mais sombria, Matt Reeves acerta o tom com a ambientação de uma Gotham sufocada nas trevas, onde o sol e a esperança parecem nunca romper as nuvens de tempestade. Ouso dizer aqui que me lembrou muito a ambientação do filme "O Corvo" com Brandon Lee.

Mesmo que o enredo tenha demorado um pouco para engrenar, Reeves nos entrega um roteiro mais profundo do que nos filmes anteriores do Cavaleiro das Trevas. Batman não está apenas consumido pela vingança, aqui, vemos a falta de clareza de propósito de Bruce, assim como as vertentes entre crime, política e a identidade da família Wayne.
Robert Pattinson entrega tudo e mais um pouco nesse papel! A encarnação vigilante Batman está sensacional, desde a voz praticamente irreconhecível e completamente de arrepiar, até as cenas de ação. E como Bruce, temos uma atuação mais tensa, onde principalmente seus olhos nos transmitem todos os tormentos e dúvidas do personagem! 

Nosso "Roberto" deu uma surra no Batman Tiozão do Ben Affleck! Sua atuação brilhou muito e nem precisou de purpurina! (sim! isso foi uma piada infame para nós fãs de Twilight)

A química entre Zoë Kravitz e Robert é natural e explosiva! Adorei ver os dois em tela juntos. Assim como todo o elenco, Reeves acertou na medida entre os fatos da trama e as cenas de ação.

Claro que é impossível não comparar com a trilogia de Christopher Nolan com Christian Bale que até então é o grande favorito do público neste papel, porém, Matt Reeves nos entrega um filme bem fechadinho e tão bom quanto a trilogia de Nolan, mas de uma maneira completamente diferente. 

Assim como em Coringa, vislumbramos algumas reflexões bem profundas para o personagem e para o público, o que nos faz devorar cada minuto em tela e terminar o filme com altas expectativas para os próximos volumes!

Batman estreia oficialmente em 03/03/2022, mas a partir de amanhã dia 01/03 já tem diversas sessões de pré-estreia nos cinemas de todo o país! 
Bora curtir o restinho do carnaval com o Morcegão no cinema!

0 comentários

Postar um comentário

Deixe seu Comentário!