[CRÍTICA] ELVIS

quarta-feira, 13 de julho de 2022

 

Sobre o filme

O visionário cineasta Baz Luhrmann, indicado ao Oscar, dirige o drama Elvis, da Warner Bros. Pictures, estrelado por Austin Butler e Tom Hanks, ator vencedor do Oscar.

 

O filme aborda a vida e a música de Elvis Presley (Austin Butler) sob o prisma da sua tumultuada relação com seu empresário enigmático, o coronel Tom Parker (Tom Hanks). A história mergulha na complexa dinâmica entre Presley e Parker, que se estendeu por mais de 20 anos, desde a ascensão de Presley à fama até seu estrelato sem precedentes, tendo como pano de fundo a evolução da paisagem cultural e a perda da inocência na América. No centro dessa jornada está uma das pessoas mais importantes e influentes na vida de Elvis, Priscilla Presley.




Simplesmente saí do cinema em estado de graça! É muito maravilhoso assistir ao um filme tão tocante como este e sair do cinema com a sensação de ter degustado algo muito fenomenal!

Obrigada ao pessoal da EspaçoZ Marketing e ao GNC Cinemas do Shopping Iguatemi aqui em Porto Alegre e Warner Bros. por ter nos convidado para a assistir esse filme incrível antecipadamente! 

Com uma abordagem muito diferente de todas as outras produções que vimos até hoje sobre o Rei do Rock, Baz Luhrmann nos traz um roteiro cheio de verdades sobre a vida, a obra, o talento e o cotidiano desta lenda da música.

O filme é na narrado pelo ponto de vista do infame Coronel Parker (Tom Hanks) e sua avidez por dinheiro e poder no Show Business e toda a trajetória desde a descoberta do jovem promissor Elvis em Memphis e os tijolos que fundamentaram a construção da lenda.
Tom Hanks está sensacional! Mesquinho, trambiqueiro e com faro para o sucesso, Coronel Parker é um picareta nato e acompanhar a ascensão e queda de Elvis através de suas maquinações, coloca a história do Rei como uma nova perspectiva mais realista e principalmente mais frágil.

O roteiro, ambientação, figurinos e efeitos estão maravilhosos, permitindo aos expectadores acompanhar eventos históricos e experimentar toda a vibe da época de maneira muito realista.
Ao mesmo tempo em que nos tapa de nojo ao vermos tudo o que o Coronel lucrou e como sua manipulação acabou minando a vida de Elvis em muitos momentos, o diretor Baz Luhrmann ainda amarra tudo com Austin Butler interpretando com maestria o papel do Rei. 

Austin está impecável incorporando todo o talento de Elvis, mas principalmente suas fragilidades e inseguranças. Sentimos suas dores, sua raiva, seu pesar e suas frustrações como se estivéssemos lá com ele.
Suas performances musicais estão incríveis ao ponto de em muitos momentos realmente nos confundirmos entre Austin e as gravações originais do Elvis. Tudo ficou muito magnífico!

Todo o elenco está incrível, mas Austin realmente supera todas as expectativas, transcendendo o papel e entregando uma atuação verdadeira e primorosa que realmente só nos resta aplaudir de pé e aguardar 1 Oscar!

Mesmo sendo um filme longo e musical, os fãs da boa arte irão degustar e ovacionar cada minuto dele!

Hoje no dia Mundial do Rock já tem diversos cinemas com sessões antecipadas, então se você está procurando um programa para realmente curtir a data e principalmente relembrar os sucessos e honrar a memória do Rei. Elvis é o filme/pedida ideal!

Assistam Elvis! Só Assistam!!! 💖

0 comentários

Postar um comentário

Deixe seu Comentário!